Tobias Torres - Otorrinolaringologia

Timpanoplastia

Cirurgia do ouvido indicada para pacientes que possuem perfuração na membrana timpânica (tímpano). Realiza-se o fechamento da perfuração com um enxerto no local do defeito. Usa-se cartilagem da própria orelha ou fragmento da fáscia do músculo temporal. Em situações ideais, com ouvidos secos por mais de 30 dias, o percentual de sucesso cirúrgico é de aproximadamente 90%. Executa-se sob anestesia geral em ambiente hospitalar. Atualmente, a grande maioria dos procedimentos é realizado por meio de endoscopia cirúrgica através do canal do ouvido, sem incisões na pele e com alta hospitalar no mesmo dia.  Em alguns poucos casos, de acordo com as características anatômicas do ouvido, pode ser necessário acesso retro-auricular com uma incisão atrás da orelha. Após a cirurgia, é indicado repouso domiciliar por 7 a 10 dias e proteção do contato com água até a cicatrização completa do ouvido (~3 meses). Esse procedimento pode ser realizado em crianças e adultos.